Nova pagina 1

Pagina Principal     Notícias     Mensagem     Humor     Fé e Religião     Galeria      Receitas     Chat     Emails Recebido     Artesanato     Cultura    

   Listas Telefônica online    Vídeo     Pagina do Zé     Fale conosco

 
Pagina Principal
Pagina Principal

Destaque

Notícias
Tabela da Copa
Chat
Fórum
Perguntas e Respostas
Sites de jornalismo
Mensagem
Emails Recebido
Artesanato
Humor
Cultura
Fé e Religião
Galeria
Vídeo
Conheça Santa Rita
Agenda
Receitas
Pagina de José Pereira
Listas Telefônica online
Lista  Telefônica, Paraná
Lista  Telefônica,  Sta Rita
Auxilio a lista telefônica
Enquête
Busca CEP
Tradutor
Pesquisa
Hora no mundo
Previsão do tempo
Cursos
Vende-se
Fale conosco
Fale com um amigo

Fale com Juari

WebMail
Admin
Link Católico
Diocese de Toledo
Dom Francisco, Bispo de Toledo
Busca Católica
Sites Pessoais
Colégio Estadual de Santa Rita D´Oeste
Jerônimo Mendes
Administradores
adecas.com.br
Sites de Noticias regionais
Visitantes Online
56
Contador de visitas
Previsão do tempo  Previsão mais dias
 

Nova pagina 1

 
ACONTECEU COMIGO

Acidente, grave

Tenho dezessete anos, não sei fazer muitas coisas mais o que eu faço gosto de fazer bem feito. Quando o assunto é competição o que eu quero mesmo é vencer, acho que isso virou uma obstinação. A pouco tempo, construímos uma gaiola feita de motor e caixa de Passat, há outras na região feita do mesmo modelo ou parecida. Com elas praticamos o esporte de corrida de obstáculos.

Participei de varias competições, apesar de meu esforço como piloto e de meu pai como mecânico, não consegui ganhar nem uma, isso não me conformava, por isso quando tinha um tempo eu ia para a pista para treinar.

Era um domingo, havia festas na região, mais eu fui para pista treinar, queria estar apto para o próximo campeonato.

Como era treino, não tomei os devidos cuidados de segurança, era preciso colocar o capacete e cinto de segurança. Quando era campeonato colocávamos, porque os juízes nos obrigavam, mais no treino as vezes sim as vezes não, as vezes um as vezes outro.

Naquele dia quando chegou a minha vez coloquei o capacete, mais não coloquei o cinto de segurança, dei duas volta, quando percorria a terceira e ultima a gaiola tombou e saiu arrastando em cima de mim, senti muitas dores em meu braço esquerdo, mais achei que não seria coisa séria.

Me levaram para o hospital, o médico diagnosticou, e disse que o estado é muito grave, disse não poder fazer o tratamento, me encaminhou para outro hospital a cerca de cento e cinqüenta quilômetros de distancia.

Quando o médico onde eu estava ligou, para preparar minha chegada, no outro hospital, o médico que iria me atender, disse se realmente for isso é gravissima a situação, passou alguns procedimentos, dizendo é preciso começar o tratamento, aí mesmo. O médico me aplicou medicamentos para prolongar a hemorragia, dizendo que se acontecesse antes de chegar no hospital seria óbito na certa. 

Me colocaram na ambulância e saíram as pressas, mais pararam varias vezes no caminho, porque doía muito meu braço, até que cheguei no hospital, demorou ainda vinte minuto até que aconteceu a hemorragia, mais nessa hora eu me apaguei.

Os médico fizeram a cirurgia eu não vi mais nada, o que vou contar agora, foi o que me falaram depois. quando os médico terminaram a cirurgia, falaram para meus pais, a nossa parte, nós já fizemos, agora é só esperar, ele é muito jovem, isso pode ajudar também, mais é muito grave, as próximas setenta e duas horas, é bom rezar muito e ficar preparados. Mas acho que Deus ta ajudando, porque a sensibilidade do médico que te prestou os primeiros socorros, foi fundamental, mesmo sem equipamento percebeu a gravidade dos ferimentos, não fosse isso ele já era.

O médico me colocou na UTI, passou medicamento para manter em coma induzido, depois de oito dias tiraram o medicamento mais eu não acordava, estava como morto, o medico colocava aparelhos mais afirmavam, que não estava morto. era esperado que eu acordasse, até vinte quatro horas, mais passaram a vinte e quatro, quarenta e oito, setenta e duas e nada, meus pais já haviam perdido as esperanças, mais no quinto dia eu acordei, sentia muitas fraqueza, mais agora estou bem.

Mais tenho de esperar no mínimo seis meses para voltar a correr.

Joanina.   

 escreva para mim   Voltar
 

Publicidade

PUBLICIDADE

Odontologia Santa Rita Fone 44 3648 1193     

Escritório Santa Rita Fone..44..3648..1101