Nova pagina 1

Pagina Principal     Notícias     Mensagem     Humor     Fé e Religião     Galeria      Receitas     Chat     Emails Recebido     Artesanato     Cultura    

   Listas Telefônica online    Vídeo     Pagina do Zé     Fale conosco

 
Pagina Principal
Pagina Principal

Destaque

Notícias
Tabela da Copa
Chat
Fórum
Perguntas e Respostas
Sites de jornalismo
Mensagem
Emails Recebido
Artesanato
Humor
Cultura
Fé e Religião
Galeria
Vídeo
Conheça Santa Rita
Agenda
Receitas
Pagina de José Pereira
Listas Telefônica online
Lista  Telefônica, Paraná
Lista  Telefônica,  Sta Rita
Auxilio a lista telefônica
Enquête
Busca CEP
Tradutor
Pesquisa
Hora no mundo
Previsão do tempo
Cursos
Vende-se
Fale conosco
Fale com um amigo

Fale com Juari

WebMail
Admin
Link Católico
Diocese de Toledo
Dom Francisco, Bispo de Toledo
Busca Católica
Sites Pessoais
Colégio Estadual de Santa Rita D´Oeste
Jerônimo Mendes
Administradores
adecas.com.br
Sites de Noticias regionais
Visitantes Online
97
Contador de visitas
Previsão do tempo  Previsão mais dias
 

Nova pagina 1

 
ACONTECEU

Ateu, mais muito curioso

Eu me considero muito ateu para acreditar em certas, mais muito curioso para saber se realmente é verdade. Essa que vou contar eu tirei a prova, agora eu acredito, embora ainda há muitos que apesar disso é só coincidência. 

Certa vez me disseram que a gente tem um olho mental, no centro da testa, embora não acreditando, um dia vi a oportunidade de tirar a prova.

Um dia montei sete bateria de automóvel, cinco direita e duas esquerda, pedi para meu fechar, para ganhar tempo. Quando vejo as baterias estão fechadas todas como direitas. E agora o que fazer, continuar o serviço assim, com certeza irá dar defeito em breve. Cortar para ver quais estava fechadas erradas, poderia estragar a bateria certa. Poderia ser uma, duas ou as cincos.

Eu não queria perder as baterias, principalmente as boas, mesmos as defeituosas, poderia ser recuperadas, como segunda ou terceira linha.

Então lembrei que alguém me disse que a gente tem um olho mental no centro da testa, era a oportunidade de tirar a prova. Da primeira vez tentei perto do colaborador, mais não consegui ver nada, porque a bateria era fechada com plástico preto.

Depois quando fiquei sozinho, senti que seria mais fácil, concentrar e tentei de novo. Incrivelmente, pude ver através do plástico, quais eram as baterias com a polaridade invertidas. Depois cortei um pedacinho de plástico das duas baterias conferir e realmente foi confirmado.

Nunca mais voltei fazer a experiência, porque depois doeu muito a minha cabeça.

 escreva para mim   Voltar

 
 
Publicidade

PUBLICIDADE

Odontologia Santa Rita Fone 44 3648 1193     

Escritório Santa Rita Fone..44..3648..1101