Nova pagina 1

  

   Listas Telefônica online    Vídeo     Pagina do Zé     Fale conosco

adecas.com.br
Pagina Principal

Destaque

Notícias
Radio Adecas Online
Chat
Fórum
Perguntas e Respostas
Sites de jornalismo
Mensagem
Emails Recebido
Artesanato
Humor
Cultura
Fé e Religião
Galeria
Vídeo
Conheça Santa Rita
Agenda
Receitas
Pagina de José Pereira
Listas Telefônica online
Lista  Telefônica, Paraná
Lista  Telefônica,  Sta Rita
Lista  Telefônica, T. Roxa
Auxilio a lista telefônica
Enquête
Busca CEP
Tradutor
../Pesquisa
Hora no mundo
Previsão do tempo
Vende-se
Câmara dos  Deputados
Fale com um amigo
Admin
Link Católico
Diocese de Toledo
Dom Francisco, Bispo de Toledo
Busca Católica
Sites Pessoais
Colégio Estadual de Santa Rita D´Oeste
Jerônimo Mendes
Administradores
Sites de Noticias regionais
Visitantes Online
88

Contador de visitas

 
 
Previsão do tempo p/ próximos dias
 

 

 

 

Fórum de Mensagens Você reporter.

Postar Uma Nova Mensagem

Emprestimo partilhado - 29 de Jul. de 2015
Postada por José Pereira
Em resposta à Muitos dos que reclamam agora não passou a metado do que meu passei , postada por José Pereira

Certa vez precisei, bom precisei não quis fazer um empréstimo, por que o governo incentivava investir.

O empréstimo que eu desejava fazer era de 10 mil. Mas havia na época um gerente, que pedia partilha nos empréstimos, embora toda a responsabilidade ficasse sobre a gente.

Um um trabalho de investigação junto aos servidores do banco. Descobri que o meu limite para empréstimo era 13 mil.

Então tive uma ideia, que era pedir o empréstimo muito acima do limite, para que não fosse possível a partilha.

Cheguei ao gerente e pedi um empréstimo de 30 mil. O gerente disse faça de 50 e me passa 20. Prometei que essa parte seria pago por ele, Mas nessa hora eu gelei, porque não sabia dizer não.

O gerente foi passando os papéis. Eu não queria, mas a mão atrevida foi assinando tudo. A esperiencia, foi igual uma vez quando tomei um choque de 220. Peguei num objeto eletrocutado e não consegui largar mais, porque perdi o controle de movimento. A eletricidade ia como comendo o meu braço. Comeu meu braço inteiro e avançava ao tórax. Quando chegar no coração eu morro, pensei e já estava muito perto. Diante da morte dei um pulinho pensando ser minha última cartada. com isso minha mão se soltou. Ainda conferi e o braço tava no lugar.

Poucos dias depois denunciaram o gerente, por essas atitude e foi demitido por justa causa, percebeu então que tava cheio de dívida e toda conta ficou para mim pagar.

Já seria difícil pagar a minha parte, imagina tudo. Assim passeia refinanciar a dívida. Fato que ocorria todo mês. Cada vez que refinanciava tinha de pagar 20 por cento. como esses 20 por cento não cobria nem os juros a dívida ia só aumentando. A situação ficou como uma bola de neve, a ponto de não poder pagar nem os 20 por cento. Depois de muita especulação, o banco resolveu, refinanciar toda a dívida, até que depois de alguns atos e muito sacrifício a dívida foi quitada.

Como para mim não existe bola perdida nem voto vencido, procurei uma advogado e expus a situação. Ele me diz que tocar uma demanda com o banco nessas situação, seria como uma formiga frente um elefante.

Mas propôs uma solução pacífica, dizendo que já tinha trabalhado no banco e tinha muitos amigos lá dentro. Ia propôr ao banco a liberação dos direitos do gerente para que pudesse pagar parte das dívidas.

Que para isso, bastava pagar uma passagem de ônibus a Curitiba, que assim poderia também visitar sua mãe. Eu aceitei, ele complementou que tinha se ser ônibus leito e custava o dobro do preço convencional. Marca o dia, falei.

Fomos a Curitiba e foi aceita a proposta do advogado. Tempos depois fiquei sabendo que o gerente recebeu seus direitos. Mas não me pagava.

No ato da transação exigi que assinasse uma promissória. Como não me pagava, emiti uma ordem de protesto. Assim recebi 30 mil, somando os juros da lei. Se fosse juros bancários seria 70 mil.

Muita gente teve prejuizo com esse gerente. Meu pai perdeu 70 mil. Esse valor dava para comprar meio trator, dos melhores que circulava na região na época.

 

 

   

Outras Respostas - Postar Uma Resposta
 R1: Dívida e Perdão do Bradesco (José pereira - 24 de Jul. de 2015)
 R2: Dívida e perdão do Itaú (José Pereira - 25 de Jul. de 2015)
 R3: Dívida e perdão do Banco do Brasil (José Pereira - 25 de Jul. de 2015)
 R4: Dívida e execussão da cooperativa. (José Pereira - 25 de Jul. de 2015)
 R5: Dívida e perdão de meu pai (José Pereira - 25 de Jul. de 2015)
 R6: Dever é humilhante (José Pereira - 26 de Jul. de 2015)
 R7: Vergonha de sair na rua (José Pereira - 26 de Jul. de 2015)
 R8: Uma viagem para Dourados (José Pereira - 30 de Jul. de 2015)
 R9: Divida para uma pessoa em Nova Santa Rosa (José Pereira - 30 de Jul. de 2015)
 R10: Despeza inespera (José Pereira - 30 de Jul. de 2015)
 R11: Fabrica de baterias. (José Pereira - 30 de Jul. de 2015)
 R12: Sem dinheiro no Paraguai (José Pereira - 2 de Ago. de 2015)
 R13: Ser contra (José Pereira - 2 de Ago. de 2015)
 R14: Carro novo (José Pereira - 4 de Ago. de 2015)
 R15: Buscai primeiro o reino de Deus (José Pereira - 8 de Ago. de 2015)
 R16: Conversando com Jesus (José Pereira - 9 de Ago. de 2015)

 

Voltar às Mensagens  |  Postar uma Nova Mensagem

 

 

 
Publicidade

PUBLICIDADE

Odontologia Santa Rita Fone 44 3648 1193     

Escritório Santa Rita Fone..44..3648..1101
 
Rodape

adecas.com.br

Auxilio a lista

Enquête

Busca CEP

Cursos

Pesquisa

Prev. do tempo

 Fórum    Admin

 

Link Católico

Diocese de Toledo

Busca Católica

Prefeitura  T. Roxa

Sites Pessoaisa

Jeronimo Mendes

Sites de Noticias regionais

Política

www.adecas.com.br - Desenv. e mantido por ADECAS Associação de Desenv.. Cult. Artist. Artesan. de Santa Rita do Oeste