Nova pagina 1

  

   Listas Telefônica online    Vídeo     Pagina do Zé     Fale conosco

adecas.com.br
Pagina Principal

Destaque

Notícias
Radio Adecas Online
Chat
Fórum
Perguntas e Respostas
Sites de jornalismo
Mensagem
Emails Recebido
Artesanato
Humor
Cultura
Fé e Religião
Galeria
Vídeo
Conheça Santa Rita
Agenda
Receitas
Pagina de José Pereira
Listas Telefônica online
Lista  Telefônica, Paraná
Lista  Telefônica,  Sta Rita
Lista  Telefônica, T. Roxa
Auxilio a lista telefônica
Enquête
Busca CEP
Tradutor
../Pesquisa
Hora no mundo
Previsão do tempo
Vende-se
Câmara dos  Deputados
Fale com um amigo
Admin
Link Católico
Diocese de Toledo
Dom Francisco, Bispo de Toledo
Busca Católica
Sites Pessoais
Colégio Estadual de Santa Rita D´Oeste
Jerônimo Mendes
Administradores
Sites de Noticias regionais
Visitantes Online
75

Contador de visitas

 
 
Previsão do tempo p/ próximos dias
 

 

 

 

Fórum de Mensagens Você reporter.

Postar Uma Nova Mensagem

Carnaval – sim ou não? - 9 de Fev. de 2018
Postada por Adelar Osmar Borth
Carnaval – sim ou não?
O que sobra após o Carnaval?
(Observação: Copiei pensamentos de enciclopédia e de autores anônimos, alguns textos recebidos por e-mail).
Carnaval: É uma festa que ocorre antes da Quaresma, durante fevereiro ou início de março.
“O consumo excessivo de álcool e outros coisas proscritas (drogas e promiscuidade sexual) é extremamente comum. Outras características comuns do Carnaval incluem sátiras sociais e zombaria das autoridades e uma inversão geral das regras e normas do dia-a-dia (desrespeito à moralidade cristã). O Carnaval é uma herança de várias comemorações realizadas na antiguidade por povos como os egípcios, hebreus, gregos e romanos. Inicialmente eram festejos pagãos que serviam para celebrar grandes colheitas e principalmente louvar divindades. Na época dessa celebração, as escolas fechavam, os escravos eram soltos e os romanos dançavam pelas ruas. Havia até mesmo uma espécie de “bisavô” dos atuais carros alegóricos. Eles levavam homens e mulheres nus e eram chamados de carrum navalis, algo como “carro naval”, pois tinham formato semelhante a navios. Alguns pesquisadores enxergam aí a origem da palavra “carnaval”. A maior parte dos especialistas, porém, acha que o termo vem de outra expressão latina: carnem levare, que significa “retirar ou ficar livre da carne”. Há os que dizem que vem de “carne vale = adeus à carne”.
É considerado o tempo para extravasar todos os apetites sensuais. Sabendo eles que a Quaresma seria um tempo de santificação, o Carnaval foi adquirindo a conotação de um período de libertinagem (liberação nas questões morais), como últimos momentos para dar “adeus à carne”, vindo depois um período de abstinências na Quaresma”! (Autor anônimo).
O que sobra após o Carnaval?
“A alegria dura poucos dias, mas as consequências do pecado podem durar uma vida inteira. A prostituição, o adultério e as drogas destroem vidas preciosas e muitos guardam, como lembranças do Carnaval, as DSTs (doenças sexualmente transmissíveis), gravidez indesejada e muitas feridas na alma. Devemos considerar que muitas festas podem ser perigosas, principalmente quando envolvem bebidas alcoólicas e drogas, mas o Carnaval com certeza é a pior delas. Por não ser uma festa familiar, o Carnaval afasta a pessoa; principalmente o jovem, do seu lar, colocando-o num ambiente onde tudo é permitido. A libertinagem é a marca do Carnaval. O Carnaval é a ocasião propícia para comportamentos que não seriam aceitos no cotidiano pelas pessoas de bom senso e cristãs. Assim, também é muito comum a prática dos homens se vestirem de mulher e vice-versa. O que estas atitudes revelam? Revelam, de certo modo, a tendência permissiva e perniciosa da homossexualidade. (Autor anônimo).
“São três dias de folia, e ao final deles, muita tristeza: famílias e relacionamentos destruídos por causa da traição, mortes por overdose de drogas, acidentes de trânsito, assaltos, grande número de homicídios e brigas. Quantas moças perdem sua virgindade na loucura do Carnaval e ficam grávidas prematuramente? Quantas crianças são roubadas de pureza e inocência? Quanta violência e loucura em nome do prazer! Um prazer passageiro, que não preenche a alma, pelo contrário, só aumenta a solidão, as frustrações e traz o peso da culpa e do pecado” (Autor anônimo).
“O Carnaval é uma festa onde há “licença” para pecar. A Bíblia diz que o resultado (salário) do pecado é a morte (Rm 6.23), e nós, cristãos, não podemos de maneira alguma participar disso. A Bíblia também diz que o cristão se tornou nova criatura, com uma nova natureza, e agora busca a santificação (1 Ts 4.3,4). O corpo do cristão se tornou templo do Espírito Santo (Rm 6.19). Por isso, você e eu não podemos nos conformar com uma festa que é sinônimo de pecado e onde Deus fica de fora”. (Autor anônimo).
O Carnaval é impróprio para todas as pessoas, mas principalmente para os cristãos. Algumas pessoas, especialmente os jovens, vão com a desculpa de uma diversão inocente. Cuidado! É muito difícil alguém entrar no "esgoto" e sair sem se sujar. Nossa alegria não depende de festas. Em Cristo está o nosso prazer e a nossa alegria, que não termina na Quarta-Feira de Cinzas, mas continua para sempre”! (Autor anônimo).
A Bíblia diz: “Porque o que semeia para a sua própria carne da carne colherá corrupção; mas o que semeia para o Espírito do Espírito colherá vida eterna” (Gl 6.8). (Ler a advertência do livro de Isaías sobre festas pagãs: Is 5.11-15).
Os cristãos são pessoas salvas pela graça de Jesus Cristo que se tornou homem e sacrificou sua vida sem pecado em pagamento dos nossos pecados. Ele nos dá gratuitamente o perdão, vida e salvação. Nos libertou do domínio do pecado. Pela fé, criada em nós pelo Espírito Santo através dos meios da graça (Palavra e Sacramentos), nos apegamos ao seu amor. Embora ainda pecadores e sujeitos às tentações e quedas, agora somos novas criaturas, com uma nova natureza – COM UMA NOVA VIDA, UMA VIDA DE LOUVOR E HONRA DE NOSSO AMOROSO DEUS E SENHOR. Agora buscamos a santificação, não para sermos salvos pelo que nós fazemos, mas unicamente pela graça de Deus. Mas, oferecemos nossa vida a Deus em gratidão e louvor pela salvação que nos é dada gratuitamente.
O apóstolo Paulo escreve: “O que Deus quer de vocês é isto: que sejam completamente dedicados a ele e que fiquem livres da imoralidade” (1 Ts 4.3).
“Acaso, não sabeis que o vosso corpo é santuário do Espírito Santo, que está em vós, o qual tendes da parte de Deus, e que não sois de vós mesmos? Porque fostes comprados por preço. Agora, pois, glorificai a Deus no vosso corpo” (1 Co 6.19-20).
O cristão pode ser alegre e feliz? Evidentemente que SIM. Porém, a motivação de sua alegria não são os prazeres mundanos, mas na graça, amor, bênçãos e providências de Deus.
Rogo a Deus para que ele nos motive e capacite a cuidar de nossas famílias, especialmente das crianças e jovens – criando-os sob a luz da Palavra de Deus (Sl 119.105).
Martinho Sonntag

 

 

   

Respostas - Postar Uma Resposta
Não tem nenhuma resposta pra essa mensagem. Poste uma você!

 

Voltar às Mensagens  |  Postar uma Nova Mensagem

 

 

 
Publicidade

PUBLICIDADE

Odontologia Santa Rita Fone 44 3648 1193     

Escritório Santa Rita Fone..44..3648..1101
 
Rodape

adecas.com.br

Auxilio a lista

Enquête

Busca CEP

Cursos

Pesquisa

Prev. do tempo

 Fórum    Admin

 

Link Católico

Diocese de Toledo

Busca Católica

Prefeitura  T. Roxa

Sites Pessoaisa

Jeronimo Mendes

Sites de Noticias regionais

Política

www.adecas.com.br - Desenv. e mantido por ADECAS Associação de Desenv.. Cult. Artist. Artesan. de Santa Rita do Oeste