Nova pagina 1

  

   Listas Telefônica online    Vídeo     Pagina do Zé     Fale conosco

adecas.com.br
Pagina Principal

Destaque

Notícias
Radio Adecas Online
Chat
Fórum
Perguntas e Respostas
Sites de jornalismo
Mensagem
Emails Recebido
Artesanato
Humor
Cultura
Fé e Religião
Galeria
Vídeo
Conheça Santa Rita
Agenda
Receitas
Pagina de José Pereira
Listas Telefônica online
Lista  Telefônica, Paraná
Lista  Telefônica,  Sta Rita
Lista  Telefônica, T. Roxa
Auxilio a lista telefônica
Enquête
Busca CEP
Tradutor
../Pesquisa
Hora no mundo
Previsão do tempo
Vende-se
Câmara dos  Deputados
Fale com um amigo
Admin
Link Católico
Diocese de Toledo
Dom Francisco, Bispo de Toledo
Busca Católica
Sites Pessoais
Colégio Estadual de Santa Rita D´Oeste
Jerônimo Mendes
Administradores
Sites de Noticias regionais
Visitantes Online
98

Contador de visitas

 
 
Previsão do tempo p/ próximos dias
 

 

Marceneiro diz que acordou de coma em hospital de Curitiba após ouvir som de violino

Data: 25/06/2018

O marceneiro Derli Alves do Amaral, de 49 anos, afirma que despertou de um coma no Hospital Cajuru, em Curitiba, após ouvir o som de um violino tocado pela voluntária da instituição Iris KnophHolz.

"Eu só lembro que eu ouvi uma música de violino que vinha do profundo, que entrou e penetrou dentro da minha mente. E a partir daquele momento, eu achei que estava deixando a Terra e estava subindo porque foi uma coisa extraordinária que aconteceu. E, por incrível que pareça, quando eu ouvi que terminou aquela música me deu uma vontade de viver e aquilo foi me levantando", contou o marceneiro.

Ele foi internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no dia 9 de junho por causa de um problema no fígado e ficou em coma por três dias. Amaral lembra que no mesmo dia em que acordou, foi transferido da UTI para o quarto.

"Eu sou muito grato à Iris, realmente só Deus que pode recompensá-la", acrescentou.

Para Iris, poder chamar alguém de volta pra vida através da música é algo que não tem preço. "Eu fico muito feliz de saber que aquilo que eu posso doar pode resgatar a vontade que alguém tem de viver. Isso é uma coisa que não tem dinheiro que possa pagar", comemora.

Segundo os médicos, a música reduz o estresse e melhora o nível de consciência dos pacientes. "Tudo isso facilita essa mudança de ambiente, fica o ambiente do hospital que tende a ser frio fica mais acolhedor. E isso apressa a recuperação, foi o que aconteceu com o caso do marceneiro", explicou o diretor do hospital Juliano Gasparetto.


voltar

 

 

 

   

 

 

Voltar    recomende esse site          Comente esse texto

VOCÊ REPORTER

 

Defina esse site como Página inicial.

 
 
  

.

Publicidade

PUBLICIDADE

Odontologia Santa Rita Fone 44 3648 1193     

Escritório Santa Rita Fone..44..3648..1101