Nova pagina 1

  

   Listas Telefônica online    Vídeo     Pagina do Zé     Fale conosco

adecas.com.br
Pagina Principal

Destaque

Notícias
Radio Adecas Online
Chat
Fórum
Perguntas e Respostas
Sites de jornalismo
Mensagem
Emails Recebido
Artesanato
Humor
Cultura
Fé e Religião
Galeria
Vídeo
Conheça Santa Rita
Agenda
Receitas
Pagina de José Pereira
Listas Telefônica online
Lista  Telefônica, Paraná
Lista  Telefônica,  Sta Rita
Lista  Telefônica, T. Roxa
Auxilio a lista telefônica
Enquête
Busca CEP
Tradutor
../Pesquisa
Hora no mundo
Previsão do tempo
Vende-se
Câmara dos  Deputados
Fale com um amigo
Admin
Link Católico
Diocese de Toledo
Dom Francisco, Bispo de Toledo
Busca Católica
Sites Pessoais
Colégio Estadual de Santa Rita D´Oeste
Jerônimo Mendes
Administradores
Sites de Noticias regionais
Visitantes Online
92

Contador de visitas

 
 
Previsão do tempo p/ próximos dias
 

 

Nilton Bruno Leonhardt, recebe Título de Guerreiro do Comércio

Nilton Bruno Leonhardt, das Casa Lenard, recebe o título de Guerreiro do Comércio. Essa é uma homenagem a melhor história da trajetória dada a um comerciante, concedida pelo Fecomércio, Sesc, Senac do Paraná .

Para ser um guerreiro é necessário ter um perfil trabalhador. São aqueles empresários que lutam para superar a inadimplência, as crises econômicas, a concorrência, as altas taxas tributárias e as vendas pela internet. “Esta homenagem é o mínimo que podemos fazer por estes empresários. Pessoas que além de fazer o papel de cidadãos, atuam com ética, responsabilidade e se somam à grandeza do comércio do Paraná” Por: Presidente do Sistema Fecomércio Sesc Senac Paraná, Darci Piana.

Com quais palavras se recebe um convite desses Nilton Bruno Leonhardt? Não consegui conter as lágrimas, a emoção de saber que você foi escolhido como Guerreiro do Comércio, prova mais uma vez, que todos os esforços tem sim reconhecimento. Assim como diz o nome, você continua sendo GUERREIRO, o nosso guerreiro, como empresário, esposo, pai e avô...parabéns paizão pela história da vida de vocês até aqui, estou muito feliz por vc e pela mãe que fez parte de toda dificuldade! Amo vocês, com certeza eu estarei lá... Por Carina Leonhardt.

A História

Paixão pelo comércio, história de Nilton Bruno Leonhardt

O fato de estar focado sempre em novos desafios, faz com que o tempo fique escasso para pensar na trajetória de nossas 3 pequenas empresas, cujo início chega a sumir nas lembranças dos 32 anos, principalmente o período de maiores dificuldades. Em junho de 1972 o agricultor Mario Avelino Leonhardt trouxe sua família (Esposa Elly, e filhos: Nelson, Nilci, Nilton, Neri e Neusa. O caçula Nelio nasceu no Paraná) do Rio Grande do Sul para São Clemente - Santa Helena - PR, com a esperança de ser um bem sucedido comerciante. Adquiriu um pequeno comércio de secos e molhados, cuja história durou cerca de um ano. Vendeu seu comércio e fundou outro em Planalto D´Oeste, Distrito de Terra Roxa - PR, onde os imóveis já estavam escriturados e já havia eletricidade, imaginando que o desenvolvimento aconteceria com mais rapidez. Infelizmente, estava equivocado e os anos que se seguiram foram de imensas dificuldades, exigindo com que os filhos trabalhassem de diaristas para auxiliar na manutenção da casa. Mesmo desejando mudar de local, não conseguiu mais vender o imóvel. Sem ter outra saída e com muita persistência a "CASA LEONHARDT" após alguns anos, começou a apresentar alguma rentabilidade especialmente na compra e venda de cereais e suínos. Quando parecia que o futuro estava assegurado, iniciou-se uma intensa migração de pequenos agricultores para o norte do país, causando impacto direto nos negócios da família. Da necessidade de buscar novos espaços, surgiu em 1980, a segunda geração de comerciantes da família, agora no Distrito de Santa Rita D´Oeste - Terra Roxa - PR e com foco no comércio de vestuário junto com uma oficina de conserto de Eletroeletrônicos. Nilton, 20 anos e Neri, 17 anos iniciaram a "Lojinha" como é carinhosamente chamada até os dias atuais. Apesar do desânimo generalizado por causa da migração, a loja teve um crescimento sólido e contínuo. A carência de produtos fez que em poucos anos a loja providenciasse para seus clientes quase tudo o que eles não conseguiam encontrar na localidade. Nesse período passou a vender também móveis e eletros. No entanto, no início dos anos 90, a expansão chegou a seu limite e o futuro novamente parecia ameaçado. Sonhando com o crescimento da Comunidade, a empresa apoiou a criação da primeira Associação Comercial em um distrito no Paraná, sendo Nilton seu Presidente em 3 mandatos. O apoio do SEBRAE trouxe algumas perspectivas para novas idéias e em 1994, a família fundou uma confecção de roupas infantis, na confiança de crescer a partir da localidade. Poucos meses após a criação da indústria, porém, um dos planos governamentais deu um duro golpe nas indústrias de confecção brasileiras, e inviabilizou o projeto que ainda era incipiente. O sonho foi desfeito ainda em 1994, porém continuava a necessidade de expansão, enquanto ainda havia tempo, pois a empresa já havia incorporado na época o ditado "Crescer ou desaparecer". O mês de março de 1995 foi um divisor de águas. Além de consolidar a vocação de "Comércio" ao invés de "Indústria" também oportunizou a quebra de um grande paradigma familiar; sair de pequenas comunidades para uma cidade que já tinha vida própria. Assim surgiu a "Casa Leonhardt" em Palotina - PR, curiosamente também em um período de "crise". Não poderia ter sido em momento melhor. Neri e sua família assumiram com determinação a nova loja. A época do "Lá tinha" abriu espaço para o novo empreendimento, agora com foco maior em móveis e eletros. O crescimento foi inesperado. O desejo de abrir novas lojas também veio na mesma velocidade, e no ano de 2000, Nilton, a esposa Dorli e a filha Carina mudaram-se para abrir a Loja de Marechal Cândido Rondon-PR, cidade que Nilton há mais de 20 anos antes, procurou e não conseguiu trabalho. A "Lojinha" de Santa Rita D´Oeste passou a ser administrada por Nilci, uma das irmãs, com apoio de Djeimi, já da terceira geração (filha de Nilton e Dorli). Em tempos distintos, Sandra, a filha de Nilci e Nelson, seu esposo também trabalharam na empresa. O irmão mais velho, também chamado Nelson e a irmã Neusa igualmente ajudaram a escrever a história, porém atualmente trilham outros caminhos. Os anos que se seguiram não foram muito fáceis. Ao mesmo tempo em que as redes começaram a engolir a maioria das pequenas lojas pelo país, a concorrência limitou a lucratividade e conseqüentemente novos investimentos. Muito lentamente foi possível ampliar a Loja de Santa Rita D´Oeste, mudar a de Palotina para um espaço maior e por último, a loja de Marechal Cândido Rondon, que mudou para a sua nova sede em setembro de 2012. Os investimentos tiveram o reconhecimento público, tanto que a empresa foi agraciada no final de 2012 com o Prêmio Marechal na categoria Mérito Empresarial No entanto, apenas ampliar ou mudar as lojas já não estava mais fazendo frente aos novos desafios de competitividade, para as micro empresas, que sofreram um duro golpe com a instituição da Substituição Tributária sobre eletrodomésticos. Junto com a abertura da última sede própria, as Lojas ingressaram em uma Associação de compras, "Rede Toklar" e desde então foi adotado o nome de Rede Toklar - Casa Leonard. Fez-se necessário o estudo de uma nova logo, na qual o sacrifício do sobrenome da família foi necessário. Subtrairam-se 2 letras do sobrenome, ficando a nova grafia, “LEONARD”, Leonardo, sem “o” no final, não só para que os clientes encontrassem as lojas das quais recebem tabloides. mas também para fazer frente ao novo momento, que o ingresso no e-commerce exige; um nome facilmente pronunciável. Atualmente, os irmãos Nelio e Neri administram a Loja de Palotina, juntamente com Maria Helena, Felipe e Fernando (esposa e filhos de Neri). Odair e Djeimi (genro e filha de Nilton e Dorli), administram a Loja de Santa Rita D´Oeste. Nilton e Dorli administram a Loja de Marechal Cândido Rondon, e a filha Carina é Design e Projetista de interiores e móveis planejados. Dérik, (neto de Nilton e Dorli) já presta assessoria para as redes sociais. A filosofia da empresa sempre foi de inserção social, tendo sempre membros da família participando não só em Associações Comerciais, mas também em Associações Comunitárias, Escolas e Igrejas. Nilton, além de Presidente da ACISAR- (Associação Comercial Industrial e Agropecuária de Santa Rita D´Oeste, foi membro integrante do Rotary Clube Marechal Cândido Rondon- Beira Lago, entidade da qual pediu desligamento para dedicação maior de suas funções na IECLB- Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil, na qual chegou a ser Presidente do Conselho do Sínodo Rio Paraná, estrutura administrativa da Igreja que compreende praticamente todo o estado do MS e 1/3 do estado do PR. Atualmente preside a Comunidade Martin Luther, com mais de 5.000 membros, com foco no crescimento da interação entre as pessoas, ação social e desenvolvimento de atitudes éticas. Participa da Acimacar-Associação Comercial e empresarial de Marechal Cândido Rondon-PR, como integrante do Conselho Consultivo do Comércio. Já foi integrante da diretoria do Sindicomar- Sindicato do Comércio Varejista de Marechal Cândido Rondon. Participa ativamente do Projeto "Espaço Rondon". O mesmo possibilitou o surgimento de várias idéias para a nova loja, não só através das consultorias, mas também das viagens, denominadas Missão Curitiba e Missão São Paulo. A participação em Feiras também vem crescendo. A empresa tem consciência de que a vida não se resume apenas ao crescimento profissional ou a participação comunitária, e nesse aspecto o projeto, Espaço Rondon (Projeto do Sebrae/Acimacar/Fecomércio/Sindicomar/Prefeitura Municipal/AREA) teve excelentes cursos e consultorias e dentre eles também veio o questionamento sobre o quanto se investe na família e na qualidade de vida. Devidamente desafiado, Nilton se considera vivendo o período de renovação da águia (alusão a uma pequena estória que fala da renovação e sobrevida da águia após um período de reclusão e de intenso sofrimento) e passou de uma vida praticamente sedentária, para uma apaixonante vida de atleta, tendo participado aos 52 anos, da Meia Maratona das Cataratas em Foz do Iguaçu. Não se sabe o que o futuro comercial reserva, mas permanece a convicção de que será menos assustador com o espírito cooperativo, aliado a conservação dos recursos naturais, qualidade de vida e ações de cunho comunitário, mantendo acesa a chama da esperança de que o mundo ainda é um lugar com muitas oportunidades para os guerreiros preparados para enfrentar novos desafios.


Nilton Bruno Leonhardt
03 de junho de 2014
Data: 19/07/2014


 


voltar

Noticias anteriores

 

 

 
   

Voltar    recomende esse site          Comente esse texto

Você Repórter

 

Defina esse site como Página inicial.

 
 
  

.

Publicidade

PUBLICIDADE

Odontologia Santa Rita Fone 44 3648 1193     

Escritório Santa Rita Fone..44..3648..1101